Como franquear minha empresa? Crie uma franquia em 5 passos

9 minutos para ler

Uma das formas mais lucrativas de crescer negócios é fazendo a expansão por meio de franchising, ou seja, criar uma franquia. Quando uma marca se torna uma franquia, ela cresce com capital de terceiros e atinge novos horizontes rapidamente. Mas você sabe como criar um projeto de franquia da melhor forma possível? 

Pensando em te ajudar a expandir sua empresa, vamos te explicar alguns conceitos básicos e te mostrar um passo a passo simples de apenas 5 etapas para criar uma franquia.

O que é uma franquia?

Basicamente, a franquia é um modelo de negócio de sucesso replicável. Isso significa que a empresa já tem experiência e bons resultados no segmento em que atua e, por isso, pode ensinar outros empreendedores a conquistar os mesmos resultados, vendendo o direito de uso da imagem da marca e todo o expertise necessário para tocar a operação.

Contudo, diferentemente do licenciamento, o franchising conta com sistema de legislação próprio e precisa manter a padronização para funcionar. Nesse sentido, franqueadores e franqueados têm direitos e deveres, que devem ser cumpridos para criar a base da relação das franquias: um sistema de ganha-ganha.

Quais são as vantagens de se tornar franquia?

A primeira grande vantagem da formatação de franquias é a expansão com capital de terceiros, porque quem investe é o franqueado e não o franqueador. O franchising também te permite crescer de forma estruturada e planejada, pois o franqueado não é um funcionário, mas precisa seguir todas as regras como se fosse. 

Outra vantagem é a isenção de responsabilidade trabalhista, porque a franqueadora não se envolve neste quesito – o único responsável pelos funcionários da unidade franqueada é o próprio franqueado.

As facilidades tributárias ajudam muito nos ganhos, pois na maioria dos casos, é possível se enquadrar no sistema simples federal, o que diminui os impostos – a redução vai desde os impostos sob as vendas até os custos trabalhistas.

Por fim, como o franqueado investe o próprio dinheiro e fica à frente da operação, além de tomar conta de tudo, ele tende a ser muito mais cuidadoso, dedicado e determinado a fazer a unidade prosperar. Diferentemente de modelos tradicionais, em que um gerente ou coordenador tocam operações, o franqueado e a franqueadora coexistem em um sistema de ganhos em conjunto. Por isso, quanto mais o franqueado crescer, mais a marca franqueadora cresce.

Transforme o seu negócio em uma franquia

Passo a Passo – Como transformar minha empresa em franquia?

1. Análise de viabilidade de franquia 

Antes de mais nada, é importante entender se o negócio está no momento certo para se tornar uma franquia ou não. Para checar qual é a real situação da empresa, é feita uma análise de viabilidade de franquias, que verifica diversos fatores, como: faturamento, lucratividade, processos internos, tempo de experiência no mercado, parte legal e burocrática, parte tributária etc. 

Apesar de muitas pessoas pensarem que seu negócio já está no ponto em que pode se transformar em franquia, é preciso ter certeza de que isso é um fato, porque o franqueado precisa perceber todo o valor que a marca tem e pode transferir à ele. Para que isso aconteça, toda a parte estrutural precisa estar em ordem.

Dica Goakira: se seu negócio está com problemas financeiros e administrativos, é melhor investir em um programa de mentoria e consultoria estratégica antes de expandir para franquias. Não pense que franquear seu negócio vai salvá-lo dos problemas, pois tomar essa decisão te levará justamente ao contrário – você terá que cuidar dos problemas da sua empresa e ainda dar suporte aos franqueados, ou seja, vai se sobrecarregar.

2. Pré-formatação:

Agora, é a hora de começar a estruturar a marca, para que ela se torne uma franquia excelente. 

Nesta etapa, é organizada toda a parte jurídica e estrutural da empresa, garantindo que tudo esteja de acordo com as exigências do mercado. Também é desenvolvido o conceito da marca, que será replicado em todas as unidades e em tudo que envolver a comunicação e o marketing dela no futuro.

Por fim, você deve entender quais são os diferenciais competitivos e como usá-los a seu favor. Se, aparentemente, não houver nenhum, é possível explorar alguns pontos favoráveis para torná-los diferenciais com o auxílio de uma boa equipe de marketing.

3. Formatação:

Com toda a parte estrutural pronta, a formatação consiste em estudar os métodos e processos atuais de tal forma que seja possível ensiná-los e replicá-los por meio de manuais e treinamentos, que também são desenvolvidos nesta fase.

Na formatação, é criada a COF (Circular de Oferta de Franquia) e o Contrato de Franquia, que servem como base para garantir os direitos e deveres de ambas as partes. 

Por fim, a estratégia de marketing e comunicação é desenhada com base nas personas de clientes finais e de franqueados. Geralmente, a marca cria um plano para cada uma e segue para o próximo passo: a expansão.

4. Expansão: 

Na expansão, as unidades franqueadas começam a ser vendidas aos investidores – os franqueados, por meio de divulgação e prospecção.

Contudo, não adianta sair vendendo para qualquer pessoa interessada só para crescer rápido. O ideal é vender apenas para as pessoas que se enquadram no perfil ideal de franqueados (que é definido na formatação).

Assim, a identidade e a padronização serão mantidas e você terá meios de verificar isso. Caso o franqueado descumpra as regras, você pode aplicar penalizações, como multas acordadas em contrato, por exemplo.

Outro detalhe super importante que você deve se atentar é a localização do seu negócio. Você sabia que a localização errada pode fazer com que as unidades não decolem como esperado? Portanto, conte com uma boa estratégia de Geomarketing para ajudar seus franqueados a escolherem os melhores pontos comerciais.

5. Monitoramento:

Depois de fechar negócio com os franqueados e dar todo o suporte necessário para que eles comecem a operar a unidade, compete ao franqueador acompanhar os resultados, dificuldades e fiscalizar a conduta deles.

Esteja sempre aberto para ouvir feedbacks e ideias dos seus franqueados. Pode acontecer que eles percebam algo que você ainda não viu, que pode ser melhorado ou alterado de alguma forma. Lembre-se que vocês atuam em conjunto e que todos podem e devem se comunicar com frequência, para fazer com que o negócio não fique “parado no tempo”. Busque evoluir sempre!

Dica Goakira: toda empresa precisa investir em inovação, inclusive as franquias. Infelizmente, todos nós já vimos negócios muito bons, que tem um “boom” de vendas e, depois, caem no esquecimento. Isso não acontece porque o negócio é ruim, mas sim porque os donos se esqueceram de manter a marca em constante evolução e acabaram se acomodando. 

Por isso, esteja sempre de olho nas tendências de mercado, faça benchmarking constantemente e tenha uma cultura empresarial aberta à inovação e criatividade.

Franquias em números

Segundo a ABF (Associação Brasileira de Franchising), o setor de franquias faturou mais de R$ 53,9 bilhões no final de 2020, registrando um crescimento de 22,8% em relação ao trimestre anterior. Isso nos mostra que o franchising continua crescendo, inclusive em momentos de crise.

Atualmente, existem mais de 3 mil marcas que operam no modelo de franquias no Brasil. Ao contrário do que muitos pensam, nem toda franquia de sucesso é necessariamente uma marca grande e nacionalmente conhecida. Não são raros os casos de em que microfranquias e nano franquias conquistam seu espaço entre franqueados e clientes finais.

A lei N° 8.955 rege o sistema de franquias (Lei de franquia). Ela está em vigor no país desde 1994 e garante maior estabilidade e proteção para todos os envolvidos no negócio.

Como escolher uma empresa para formatar minha franquia?

Antes de mais nada, entenda que é muito importante contar com a ajuda de quem tem o expertise necessário para transformar sua empresa em franquia. Afinal, estamos falando da realização de um sonho e de crescimento empresarial, mas o processo é complexo e qualquer erro pode levar a sérios problemas futuros.

Para escolher a consultoria ideal, busque pela reputação desta empresa no mercado. Aqui vão algumas dicas de como fazer isso:

  • Veja quais marcas fizeram a formatação e expansão com ela e quais resultados tiveram
  • Busque por materiais de referência no site (blog e materiais ricos, por exemplo)para ver o quanto esta marca realmente entende sobre o assunto
  • Pesquise se há processos contra a empresa por falcatruas 
  • Converse com os consultores e observe quais te passa mais credibilidade e confiança
  • Verifique quanto tempo de experiência a empresa tem no mesmo segmento
  • Procure por selos, certificações e outras referências positivas
  • Indispensável: uma boa olhada no Reclame Aqui – fique de olho na quantidade de reclamações (são muitas?); na frequência (existe um mesmo problema recorrente?); nas respostas e soluções delas (a empresa consegue resolver os problemas?)

Nós, da Goakira, temos orgulho de ser a única consultoria empresarial do Brasil com selo ISO 9001 de qualidade e uma das únicas que conquistou o certificado Great Place to Work.

Ao longo de mais de 10 anos de experiência no segmento de franquias, atendemos mais de 600 clientes e mais 750 projetos de franquias.

selo great place to workselo ISO 9001

Converse com um especialista e tire todas as suas dúvidas.

Conclusão

A jornada envolvendo a criação de franquias é muito empolgante, porque traz muita satisfação pessoal e financeira ao empreendedor.

Contudo, conforme explicamos no início deste post, existem algumas etapas a serem seguidas, para que você evite possíveis problemas no futuro e tenha maior garantia de sucesso. Apesar de parecer simples, este processo é complexo e merece toda a sua atenção e dedicação para dar certo. 

Para se aprofundar ainda mais no universo de expansão de negócio e franquias, confira nossos e-books:

Para receber outras Dicas e Materiais Ricos diretamente no seu e-mail, assine nossa Newsletter gratuitamente. Nos acompanhe também nas redes sociais: 

Instagram LinkedIn Twitter Facebook

Posts relacionados

Deixe um comentário