Franquia Subway: veja sua história e crescimento

6 minutos para ler

Queijo prato, cheddar ou mussarela? A franquia Subway se tornou sinônimo de rapidez e personalização de lanches. Eles podem ser encontrados em qualquer lugar, a contar de shoppings, praças e aeroportos. Desde a primeira unidade inaugurada, os sócios Fred e Peter tinham um objetivo: oferecer alimentos de qualidade, da maneira que o cliente preferisse e sem muito tempo de espera.

Esses foram os ingredientes utilizados nos primeiros restaurantes e que fazem sucesso na marca até os dias de hoje. Não é à toa que a empresa está por todos os lados em diversas partes do mundo.

Para desfazer o mito de que a franquia começou em estações de metrô e para que tenha uma dose de inspiração e empreendedorismo, elaboramos este artigo. Confira como foi o início até a atualidade na história da Subway!

A história da Subway

Em 1965, a união entre o estudante Fred DeLuca e o cientista nuclear Dr. Peter Buck resultou na abertura de um restaurante voltado para a venda de sanduíches que eram feitos em baguetes. A ideia surgiu de maneira despretensiosa durante um churrasco na casa do cientista.

A relação de negócios surgiu quando o Dr. Buck emprestou uma quantia de US$ 1.000 para o jovem estudante iniciar a loja. O objetivo era que os lucros do estabelecimento fossem utilizados para pagar os estudos de Fred, que sonhava com um diploma de médico.

Esse primeiro estabelecimento, que foi nomeadao de Pete’s Super Submarines, vendia o sanduíche submarine de 15 cm que variava entre 49 e 69 centavos, dependendo dos ingredientes escolhidos. No dia da inauguração, o sucesso foi tanto que 312 sanduíches foram vendidos.

Fred prezava tanto pela qualidade de cada unidade produzida que buscava pessoalmente vegetais e verduras frescas em fazendas, que ficavam a cerca de 100 milhas do restaurante, localizado em Bridgeport, Connecticut.

A experiência em gestão

Com o passar do tempo, Fred começou a entender sobre administração em razão da necessidade de gerenciar os negócios do restaurante. As estratégias do jovem empreendedor se resumiam em excelência no atendimento, nos produtos e no controle de custos operacionais. Aprendizados esses que ainda fazem parte das políticas da marca.

Com isso, no ano seguinte, os dois se uniram novamente para fundar a Doctor’s Associates Inc. Essa era uma empesa que seria responsável pela gestão dos restaurantes, que somente foram receber o nome de Subway na inauguração da sua 5ª unidade, em 1968.

A primeira franquia Subway

Ao estudar as possibilidades de mercado, Fred estabeleceu a meta de inaugurar 32 restaurantes em até 10 anos. No entanto, já em 1974, havia 16 lojas em funcionamento e, com isso, eles perceberam que não conseguiriam alcançar o objetivo.

Diante disso, começaram a estudar opções e investidores e, ainda em 1974, começaram a trabalhar no modelo de franquia Subway. A primeira loja franqueada foi inaugurada em Wallingford, também em Connecticut. A partir disso, o negócio não parou de crescer e tamanho sucesso é percebido ainda nos dias de hoje.

Atualmente, a empresa conta com mais de 44 mil estabelecimentos espalhados em 111 países e leva como lema a qualidade e a rapidez nos pedidos. Apesar de o McDonald’s ser a marca mais valiosa no setor da alimentação rápida, a Subway ocupa o primeiro lugar na lista de maiores redes de fast-food quando consideramos a quantidade de unidades abertas em âmbito mundial.

Desde o primeiro restaurante, Fred e Peter sabiam exatamente o que queriam: oferecer lanches nutritivos, de acordo com a preferência de cada cliente e para qualquer pessoa da família.

Mais tarde, em 1997, a marca lançou a campanha 7 under 6, que reforçava a preocupação dos sócios em manter os padrões de qualidade dos ingredientes e da nutrição para os clientes. Essa foi uma ação que determinava a quantidade de 6 g ou menos de gordura em 7 sanduíches.

Dessa forma e entre outras campanhas e estratégias para manter a qualidade dos sanduíches, a Subway foi o primeiro restaurante fast-food a receber a certificação Heart Check, da American Heart Association. Esse certificado demonstra que o estabelecimento atende aos critérios de uma alimentação saudável ao coração.

Os investidores

A franquia Subway é uma empresa privada, portanto não tem capital aberto na bolsa de valores. Logo, esse fator impede a compra de ações da marca. Com isso, cada unidade funciona de maneira individual e com operação própria.

Para investir em uma loja são solicitadas informações pessoais e dados profissionais, inclusive do cônjuge, e informações financeiras. O valor do investimento inicial para fazer parte da marca fica em torno de R$368 mil, mais a taxa de franquia que é de, em média R$25 mil.

No contrato, é acordado 8% de royalties sobre o faturamento bruto, sendo que a previsão de retorno do investimento é de 24 a 36 meses de operações faturando, em média, R$ 80 mil mensais. Além disso, podem existir algumas taxas adicionais, como a de publicidade que costuma ser de 4,5% do valor faturado.

O plano de negócios da franquia Subway

O plano de negócios da franquia Subway cumpre com todas as especificações da lei sobre esse modelo de empresa. Além disso, a marca é a responsável por transmitir o know-how antes mesmo da aberta da unidade e esse treinamento abrange todo o tempo de operação.

Entre os tópicos abordados durante o suporte estão:

  • ajuda na escolha do melhor ponto comercial;
  • consultorias;
  • treinamentos de reciclagem;
  • auxílio no projeto arquitetônico;
  • orientações para os processos de recrutamento e seleção de funcionários.

Além disso, assim como em todo modelo de franquia, o franqueado deve atender todas as normas, padrões e controles de qualidade estabelecidos pela empresa. A Subway deixa esse quesito bastante claro em suas negociações, pois a marca preza por seu mérito de já ter aparecido entre as maiores franquias na revista Entrepreneur.

A franquia Subway se destaca não somente por disponibilizar uma alimentação rápida, mas também por ser mais saudável do que os demais sanduíches de fast-food. Além disso, a marca ainda participa de projetos que incentivam a alimentação natural e vegetariana das crianças.

Agora que você já sabe como a famosa franquia de sanduíches na baguete se tornou uma das maiores no ramo da alimentação rápida! Então, compartilhe este post nas suas redes sociais e mostre essa evolução aos seus amigos e seguidores!

Posts relacionados

Deixe um comentário