Diferenciais competitivos: saiba como destacar seu negócio!

6 minutos para ler

O sucesso e o constante crescimento de uma empresa estão atrelados aos diferenciais competitivos que ela apresenta ao mercado. Diante da vasta concorrência atual, quem tiver uma atuação que seja apenas o que chamamos de “mais do mesmo”, terá resultados pífios e muita dificuldade de sobreviver.

Alguns desses diferenciais são estratégias fora do comum para oferecer produtos e serviços, capacidade de atendimento acima dos demais concorrentes e também uma estratégia funcional de comunicação com o público. Esse último item é essencial porque, mais do que ter diferenciais competitivos, a empresa precisa passar isso de forma clara para os clientes.

Vale dizer, ainda, que os diferenciais competitivos não devem ser vistos como medidas paliativas ou temporárias e sim como elementos que devem se incorporar à cultura da empresa. Eles são necessários para que fatores como a troca de colaboradores, por exemplo, não influenciem a qualidade do serviço prestado.

Para mostrar como trabalhar os diferenciais competitivos no seu negócio e, com isso, conseguir o devido destaque, confira o passo a passo que montamos!

estratégia de expansão

Análise interna

Alguns processos, em si, não são novidades: o grande diferencial está na maneira como eles são feitos. Esse é o caso da análise interna. Conhecer a sua empresa a fundo, incluindo todos os detalhes que permeiam os processos existentes, é fundamental para encontrar caminhos para criar diferenciais competitivos.

Essa análise precisa ser feita com frequência, afinal as mudanças são constantes não só no mercado, mas também internamente. Normalmente, se olha para dentro somente quando os resultados não chegam, até mesmo como uma maneira de tentar descobrir o que não está dando certo.

Mas isso é um grande erro! Essa análise precisa ser feita sempre, especialmente quando os lucros estão vindo. Isso evita que a sua empresa viva de bons momentos ou golpes de sorte e passe a entender como fazer os resultados acontecerem, o que certamente é um grande diferencial.

Algumas dicas de como realizar essa análise são:

verificar constantemente o desempenho dos colaboradores;

verificar e solucionar processos problemáticos;

alinhar toda e qualquer ação ao que a empresa preza como missão e valores.

Análise Externa

A análise externa é tão importante quanto a interna e, quando bem feita, funciona como um diferencial competitivo. Ela amplia a visão da sua empresa sobre o mercado e facilita para oferecer serviços melhores e mais atrelados ao desejo dos clientes.

Essa visão ampliada é o que vai levar ao entendimento melhor das ações dos concorrentes, principalmente por meio de um mapeamento eficiente sobre o que está funcionando ou não no terreno vizinho. Também contribui para um processo de segmentação melhor, o que gera ações mais certeiras e facilita a atração de pessoas realmente interessadas no que o seu negócio tem a oferecer.

Outro atributo fundamental é a influencia positiva que a análise externa tem no aumento da capacidade de criar produtos, serviços e conteúdos mais direcionados ao que o público está procurando.

Planejamento diferenciado

As duas formas de análise acima são fundamentais para criar um plano de negócios diferenciado. Mais do que um simples norteador das ações que serão realizadas, ele servirá como um medidor de desempenho e favorecerá para que a empresa atue sempre em alto nível.

Metas e objetivos bem alinhados dão mais segurança para a marca e também propiciam um maior jogo de cintura. Isso ajuda a evitar que ameaças dos concorrentes tenham forte impacto negativo sobre as finanças da sua empresa.

É possível, também, afirmar que um planejamento diferenciado traz maneiras mais criativas de colocar em prática o que foi alinhado. Afinal toda ação já será pensada com o foco em ter um diferencial competitivo.

Soluções completas

Chegando à parte mais importante, que é o relacionamento com o cliente e também a oferta dos produtos e serviços, é possível medir de maneira mais ampla o comportamento da sua empresa e os resultados. Um dos grandes atributos que a aplicação dos conceitos anteriores trará é que a sua empresa estará comercialmente mais pronta e capacitada para oferecer soluções completas.

Quem deseja ter diferenciais competitivos no seu negócio visa fugir da guerra pela sobrevivência e almeja nadar no chamado oceano azul. Chegar até ele passa pela capacidade de a sua empresa oferecer soluções mais completas ao público.

É nessa hora que fatores como um preço maior, por exemplo, são deixados de lado pelo cliente. Pois eles estarão focados na qualidade da experiência que a sua empresa é capaz de proporcionar.

Grandes líderes de mercado têm esse conceito muito bem trabalhado. O que faz os consumidores pagarem o preço determinado por eles. Mesmo que haja produtos similares custando menos.

Monitoramento constante

Construir diferenciais competitivos é uma grande missão. Mas mantê-los é ainda mais desafiador. O segredo para isso é um monitoramento constante das ações que estão sendo realizadas. De forma a estar atento a tudo que está acontecendo. E assim, ter uma capacidade maior de interpretar os resultados.

O monitoramento constante também demonstra que a sua empresa está preocupada com a qualidade dos processos, tanto internos quanto externos. Isso certamente vai ter um impacto positivo no mercado.

Capacidade de redirecionamento

Conforme dito, monitorar as ações da empresa é essencial para manter o padrão de qualidade. Indo além, podemos dizer que isso pode significar, em alguns casos, a própria salvação da empresa. Ou seja, evitar que um primeiro grande fracasso aconteça e, junto a ele, venham os demais.

Isso pode acontecer quando uma estratégia errada é mantida por muito tempo. Portanto, os problemas relacionados a ela demoram para ser diagnosticados. O sucesso constante necessita de mudanças pontuais, as quais exigem que a empresa tenha capacidade de redirecionamento.

Com o passar do tempo, há mudanças que tendem a ser mais amplas. Uma influência natural da constante inovação que atinge todos os mercados. Em situações como essa, o redirecionamento precisa ser maior ainda e a empresa deve estar apta às transformações.

Aplicando esse passo a passo, você terá todos os elementos necessários para implementar os diferenciais competitivos responsáveis por grandes resultados. Sendo assim, não deixe essas dicas de lado.

Se mesmo assim sentir dificuldade em criar os diferenciais competitivos para o seu negócio, contrate uma consultoria empresarial especializada para te ajudar nessa missão.

Posts relacionados

Deixe um comentário