Confira as características das franquias de roupas

6 minutos para ler

Quando falamos de franchising, é comum pensarmos apenas em modelos de fastfood, que são os mais famosos. Porém, existe um mercado gigantesco, com opções em todos os setores, sendo que um deles envolve as franquias de roupas.

Então, já pensou poder investir em uma marca consolidada no mercado? Essa é uma das principais vantagens do modelo de franchising. Logo, é responsável por atrair cada vez mais investidores a negócios com maiores chances de retorno.

Neste post, nosso objetivo é apresentar para você o modelo de franquias de roupas, mostrando algumas das marcas que atuam no segmento e quais são suas principais características, além de como abrir um negócio na área. Confira!

Veja alguns exemplos de franquias de roupas

Existem várias marcas no mercado que já se tornaram franquias e estão disponíveis para investimento. Contudo, cada uma delas tem determinado público-alvo e conhecê-los é fundamental para investir da maneira correta. Vamos listar alguns exemplos abaixo.

Baby Duck

A moda infantil sempre tem bons retornos e, portanto, pode ser um ótimo investimento em qualquer região do Brasil. A Baby Duck se transformou em franquia após muitos estudos e procura por parte dos clientes.

Atualmente, a marca é reconhecida pela excelência na produção e pelo método de compra POP, em que o cliente paga pelo peso das roupinhas. A empresa prima pela qualidade de suas peças e pode atrair um bom público para o seu negócio.

Morena Rosa

A Clube Morena Rosa é focada em moda feminina e tem um grande apelo ao público. Afinal, disponibiliza uma série de marcas famosas, como Lebôh, Maria Valentina, Zinco e a própria Morena Rosa.

Com 26 anos de mercado, essa franquia se mostra muito interessante na hora de atrair o público feminino. Isso porque se trata de uma marca com vários anos de mercado e que é reconhecida nacionalmente.

Valisere

A Valisere atua no Brasil desde 1934, quando foi introduzida no país pelo grupo Rhodia. Trata-se de uma das marcas mais importantes do setor de lingeries. Em 1986, foi adquirida pelo Grupo Rosset, que iniciou uma revitalização do negócio, incluindo a estratégia de transformação em franquia.

Por se tratar de uma marca altamente consolidada, com anos de atuação, o investimento se torna muito mais confiável. A empresa já tem uma alta demanda no mercado e apelo com o público.

Quicksilver

A Quicksilver é uma franquia de moda street/surfwear líder do setor no Brasil, com um foco voltado ao público mais jovem. A empresa trabalha não apenas com roupas, mas concentra uma ampla linha de produtos para homens, mulheres e crianças, que vai desde calçados até pranchas de surf. Tem um grande apelo com os mais jovens.

Conheça as principais características desse modelo de franquia

Caso você goste de moda e se interesse pela área, podemos dizer que tem grandes chances de se dar bem trabalhando com uma franquia de roupas. Porém, antes de buscar por uma opção nesse modelo de negócio, é preciso entender alguns pontos sobre seu funcionamento.

Valores de investimento

O investimento necessário para abrir uma franquia de roupas varia bastante. É preciso considerar o modelo escolhido (cada empresa pode disponibilizar algumas possibilidades) e a própria marca, afinal empresas mais conhecidas e consolidadas tendem a cobrar valores maiores de investimento.

Uma unidade do Clube Morena Rosa, marca de moda feminina já apresentada, pode custar inicialmente R$ 445.000,00, enquanto a Enjoy, menos conhecida no mesmo segmento, demanda R$ 245.000,00. É possível encontrar possibilidades caras e também mais baratas.

Retorno de investimento

No caso das franquias de roupas, o retorno do investimento está ligado diretamente à consolidação da marca no mercado, uma vez que empresas conhecidas têm o poder de atrair mais público e gerar uma lucratividade maior.

Contudo, um bom trabalho de marketing local também pode garantir um rápido retorno para franquias menores. Tudo depende da sua capacidade de investir ou da criatividade na hora de atrair o público.

Estrutura

Cada franquia exige, dentro de seus padrões, determinada estrutura — ou seja: tamanhos de lojas, larguras de vitrines e outros tipos de elementos que façam parte das características da marca. A depender do local onde você instalará seu negócio, alguns desses pontos podem encarecer os custos.

O ideal é sempre revisar os pontos obrigatórios do contrato antes de fechar um negócio, garantindo que possa atender a todos eles.

Localização ideal

A localização é um dos pontos fundamentais na hora de abrir uma franquia de roupas. Dessa forma, os empresários acreditam que o melhor lugar é sempre um shopping ou centro comercial, porém isso nem sempre é verdade.

Uma franquia como a Quicksilver poderia ter um apelo muito grande próximo a pistas de skate ou no entorno de praias, por exemplo. Isso porque se trata de locais com alta concentração do seu público-alvo, o que consequentemente gera uma grande visibilidade.

Entenda o funcionamento das franquias de roupas

Uma franquia de roupas funciona de forma muito semelhante a modelos que atuam em outros segmentos. O franqueado opera o negócio com base em regras e processos já definidos pelo franqueador, que detém o know-how da empresa e seu gerenciamento, centralizando determinadas decisões e delegando outras aos franqueados.

Geralmente o contrato traz algumas exigências em relação à maneira com que o franqueado conduzirá o negócio, incluindo uma série de cuidados com a imagem da marca (o que mais tem valor nessa relação).

Além do investimento inicial, o franqueador é remunerado por meio de taxas, que são inclusas nos preços dos produtos comercializados e nos royalties pelo uso da marca. Um passo a passo simples para quem está interessado em abrir sua franquia de moda e evitar dores de cabeça é:

  • faça uma autoanálise — verifique se o mercado de moda é realmente para você;
  • considere seus gostos — entenda o público com o qual você se identifica;
  • verifique sua capacidade de investimento — controle o orçamento para o caso de gastos futuros;
  • pesquise as marcas — entenda o que cada uma delas espera e exige;
  • converse com franqueados — busque a opinião de quem já trabalha com a marca;
  • escolha uma boa localização — verifique o melhor ponto para sua loja;
  • integre-se à marca — vista a camisa da marca.

As franquias de roupas são ótimas opções de franchising porque podem trazer um grande retorno sobre o investimento quando todas as dicas acima são seguidas. Esperamos que este post tenha auxiliado você a entender se o mercado de moda pode ser interessante para o seu caso.

Faltou algo em nosso conteúdo? Ficou com dúvidas? Deixe-as nos comentários e nossa equipe auxiliará você!

Posts relacionados

Deixe um comentário