Franchising: uma estratégia para a expansão de negócios

7 minutos para ler

Muitos empresários desejam encontrar mecanismos eficientes para a expansão de seus negócios. Isso pode ser feito por meio da expansão física da empresa, pela abertura de novas filiais ou, ainda, encontrar no franchising uma estratégia para a expansão de negócios — também conhecido como sistema de franquias.

O franchising é uma estratégia muito utilizada por empresas que têm formatos de negócio e marcas bem-sucedidas no mercado. Por isso, acaba sendo uma solução interessante para as organizações que desejam ampliar suas respectivas áreas de atuação e agregar ainda mais valor aos negócios.

Mas como saber se é o momento certo de expandir e de que maneira definir a melhor estratégia a ser aplicada na sua empresa? Neste post, você vai encontrar a resposta para essas e outras dúvidas comuns envolvendo o assunto. Acompanhe e entenda!

Saiba por que você deve planejar cuidadosamente a expansão do seu negócio

A expansão de mercado é um assunto que deve fazer parte do planejamento de qualquer empresa, independentemente do seu porte ou ramo de atuação. Quem é empresário sabe que ampliar a participação no mercado faz parte da rotina do negócio e acaba sendo um fator essencial para sua própria manutenção e sobrevivência.

Além disso, é natural que, ao identificar oportunidades, os empresários busquem meios de aprimorar seus processos, agregando mais valor às suas marcas e aos produtos/serviços entregues ao consumidor final. Neste cenário, deve-se ter em mente que a expansão é um movimento importante e necessário, mas que precisa ser avaliado com muito cuidado.

Tal atenção é essencial, pois a falta de um planejamento consistente e bem fundamentado pode causar prejuízos significativos para a organização. Em alguns casos, uma decisão de expansão mal planejada leva inclusive ao fechamento do negócio.

Veja nossas dicas para saber se é o momento certo de investir na expansão

Você deve estar se perguntando: mas como posso saber qual se minha empresa está pronta para a expansão? Há alguma maneira de identificar a maturidade do negócio e as oportunidades de mercado?

Sim, existem várias dicas que podem ser colocadas em prática na identificação do cenário em que o negócio está inserido e do seu grau de maturidade para expansão. Confira algumas delas a seguir.

Elabore um planejamento

O planejamento é o segredo para o sucesso de qualquer empresa. Mesmo que você seja um pequeno empresário e tenha poucos funcionários, elaborar um planejamento pode ser o diferencial que vai contribuir para o crescimento do negócio. Por isso, antes de pensar em expandir a empresa, é necessário formatar um planejamento, estabelecendo metas e objetivos.

Avalie as finanças e a lucratividade

Outro ponto importante são as finanças. Só é possível investir em crescimento se o seu negócio estiver com a saúde financeira em ordem. Portanto, antes de adotar uma ação mais contundente relacionada à expansão, analise as finanças e os resultados de lucratividade atingidos nos últimos meses.

Analise o cenário econômico e as perspectivas do mercado

O cenário econômico influencia diretamente no comportamento de consumo e, consequentemente, afeta os resultados da sua empresa. Por isso, antes de colocar em prática um plano de expansão, é importante avaliar a situação econômica do país e as perspectivas do seu mercado de atuação.

Avalie o potencial da empresa

Será que sua empresa tem potencial para uma expansão? Ela conta com uma estrutura suficiente para suportar a mudança? Responder a perguntas como essas é imprescindível durante o plano de expansão do negócio.

Observe a concorrência

Mais um aspecto relevante é a concorrência. Como está o comportamento de seus concorrentes no mercado? Será que a marca tem força e espaço para investir em uma ação de desenvolvimento mais contundente? Com o planejamento e a análise desses fatores, o processo se torna mais seguro, ao passo que as chances de atingir resultados positivos crescem.

Descubra como a análise SWOT pode ajudar

A análise SWOT é uma metologia utilizada para avaliar a situação e o contexto no qual determinada empresa está inserida. A sigla remete a Strengths, Weakness, Opportunities and Threats, termos traduzidos livremente como: forças, fraquezas, oportunidades e ameaças.

Aplicando essa metodologia, o gestor consegue avaliar aspectos importantes, capazes de contribuir com a identificação da real condição de crescimento do seu negócio. Na prática, é necessário mapear a empresa e avaliar quais são seus pontos fortes ou fracos, além das oportunidades trazidas pelo mercado e das eventuais ameças ao negócio.

A análise possibilita compreender os caminhos que podem ser percorridos e os cuidados a serem tomados em uma eventual ação de expansão.

Indicadores

O uso de alguns indicadores pode ser útil no momento em que o gestor está identificando o nível de maturidade do seu negócio para a expansão. Nesse caso, o indicador de faturamento é um excelente parâmetro de análise, já que permite detectar a situação financeira da empresa e sua capacidade de suportar o investimento em uma ação de expansão.

O método PDCA utilizado pela Goakira é outro exemplo que pode ajudar na análise dos indicadores. Também chamado de Ciclo de Shewhart ou Ciclo de Deming, ele consiste em uma ferramenta direcionada à promoção de melhorias nos processos empresariais e focada na expansão. Seu funcionamento se baseia em quatro ações principais:

  1. P — Planejar (plan);
  2. D — Fazer (do);
  3. C — Checar (check);
  4. A — Agir (act).

Encare as franquias como uma opção inteligente de expansão

O formato de franquias é uma das melhores opções para as empresas que desejam expandir seus negócios. O franchising funciona a partir de uma relação de interdependência entre a marca e o empresário, também chamado de franqueado.

As novas unidades da rede são gerenciadas pelos franqueados, que têm um contrato de franquia responsável por nortear toda a relação e as principais regras envolvendo o negócio. Os franqueados representam a parte que investe e trabalha nas lojas.

Uma das principais características do franchising é a limitação da autonomia do franqueado, uma vez que ele é obrigado a obedecer a uma série de normas e padrões instituídos previamente pela marca. Tais pontos são estabelecidos por escrito em contrato.

A rede franqueadora, por sua vez, tem o papel de fornecer todo o suporte ao trabalho dos tranqueados, alcançando desde tarefas operacionais relacionadas à produção até questões voltadas à gestão administrativa, contábil e financeira. As particularidades de cada relação vão depender basicamente do contrato firmado entre as partes.

Se você deseja expandir seu negócio por meio da criação de um sistema de franquias, é essencial investir em um bom planejamento. Além disso, o suporte de empresas especializadas, como a Goakira, é um diferencial importante para o sucesso do seu empreendimento.

Com o suporte de uma consultoria especializada, você vai ter mais segurança em suas decisões, podendo assegurar a aplicação das melhores práticas de gerenciamento e expansão de negócios.

Quer avaliar a viabilidade de expandir sua empresa por meio do franchising? Acesse nosso site e conheça o serviço de consultoria especializada que oferecemos.

Posts relacionados

Deixe um comentário