Geomarketing: Como escolher a localização de uma empresa?

7 minutos para ler

Que a tecnologia tem ajudado cada vez mais empresas a crescer a alcançar bons resultados, todo mundo já sabe. Mas e quando a pergunta é: “Como escolher a localização ideal para um negócio?”.

Para sanar essa dúvida, existe uma estratégia altamente inovadora e avançada: o Geomarketing. 

O que é Geomarketing?

De forma resumida, podemos definir Geomarketing da seguinte forma: qualquer tipo de estratégia de marketing que utiliza inteligência de localização como ferramenta de análise.

Em outras palavras, é um estudo geográfico estratégico para empresas que desejam expandir, melhorar performance ou sair de crises. Acredite: pode salvar negócios!

Seu objetivo principal é pesquisar e avaliar determinados espaços e seus integrantes, para embasar a tomada de decisão. A princípio, ele foi desenvolvido para analisar as características do público e do espaço de uma determinada região, determinando a localização ideal de uma empresa com base nas áreas mais promissoras de vendas.

ponto comercial

Como fazer Geomarketing?

Antes de mais nada, é importante entender que o Geomarketing deve fazer parte de toda a estratégia de marketing e inteligência de mercado da sua empresa, ok? 

Portanto, é feito um estudo geográfico, que envolve:

  • Mapeamento de áreas; 
  • Coleta de dados;
  • Pesquisa com clientes;
  • Benchmarking;
  • Análise de produtos/serviços

Todas essas informações são reunidas e analisadas de forma estratégica, fornecendo uma base sólida para as próximas decisões do empreendedor, seja na hora de criar ou comprar uma franquia, vender mais ou salvar uma empresa que está falindo.

O poder dos Smartphones

Basta que seu consumidor atual ou potencial tenha um smartphone com o GPS ativado para que você tenha acesso a uma série de informações valiosas sobre ele, como sua localização atual, os lugares visitados recentemente etc.

Além disso, mesmo que você não perceba, a todo o momento fornece informações sobre os locais que frequenta, como quando faz check-in pelo Facebook em um estabelecimento ou publica uma foto no Instagram com a localização marcada, por exemplo. A maioria dessas informações são dados valiosos sobre o seu perfil e seus interesses, e são fornecidos espontaneamente por você.

Assim, o Geomarketing otimiza suas campanhas, para que todo conteúdo entregue ao consumidor — seja em anúncios, notificações, mensagens ou e-mails — se torne mais preciso e relevante, atingindo o público-alvo certo.

Big Data e a Inteligência de Mercado

Os dados cruciais para o desenvolvimento das estratégias de geomarketing são obtidos por meio do Big Data. De uma forma simples e geral, o Big Data é formado pelo conjunto de informações localizadas nos bancos de dados de diversos servidores e empresas, como os exemplos citados acima (redes sociais) e outras bases de dados. 

Um exemplo famoso de Big Data é o YouTube. O site disponibiliza milhares de vídeos hospedados em um banco de dados, que podem ser acessados remotamente por qualquer usuário conectado à internet.

Quais as Vantagens do Geomarketing?

Como você já percebeu, são várias. Mas vamos pontuar as mais importantes.

  • Auxiliar na escolha do local do estabelecimento ou ponto de venda
  • Mapear territórios com alta concentração de perfis de interesse
  • Avaliar tendências a partir da localidade dos clientes
  • Melhorar o engajamento dos usuários e campanhas
  • Direcionar o foco ao cliente
  • Comparar regiões, melhorando a performance em diferentes locais
  • Otimizar custos imobiliários

Quais resultados esperar do Geomarketing?

  • Aumento de vendas e engajamento; 
  • Melhora na imagem da marca;
  • Reforço do posicionamento;
  • Otimização e redução de custos com campanhas e imóveis;
  • Maior retorno sobre o investimento;
  • Maiores chances de sucesso

Passo a passo

1º passo: Conhecer os conceitos e teorias

Usar informações geográficas não é tarefa simples — é necessário um estudo prévio e conhecimento sobre o tema para que o planejamento e a implementação das estratégias sejam realizados corretamente.

2º passo: conseguir dados de qualidade

Caso os dados sejam de má qualidade ou incorretos, o resultado da análise de Geomarketing não será útil para a empresa. Portanto, é fundamental sair em busca de dados completos e de qualidade.

Quanto melhores forem as informações, melhor será o resultado alcançado.

IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), Ipea (Instituto de pesquisas aplicadas) e POF (Pesquisa de Orçamento Familiar) são algumas das bases de dados públicas. Nelas, constam diversas informações sociodemográficas, que podem servir como ponto de partida para a sua estratégia.

Além disso, as empresas que prestam consultoria especializada também são boas fontes de informação, porque possuem uma base de dados bastante completa e confiável.

Uma alternativa para levantar informações relevantes é a base de dados desenvolvida pela própria empresa, como pesquisas de mercado e auditorias, por exemplo.

O Google e todas as suas plataformas, como o Google Maps e o Google Earth, também são fontes de dados interessantes.

3º Passo: adquirir um software para a gestão dos dados

As informações obtidas têm que ser integradas e disponibilizadas de forma automática e organizada.

Esta integração é feita por meio dos SIGs — Sistemas de Informação Geográficas. Eles são os responsáveis por entregar ao empreendedor as informações de forma simples e organizada.

No mercado, existem algumas opções de softwares disponíveis para auxiliar na implementação do marketing geográfico na sua empresa. São eles: QGIS, ArcGIS, MapInfo, entre outros.

Entretanto, o melhor e mais utilizado software disponível no mercado é o OnMaps, produzido pela startup brasileira Geofusion.

4º Passo: conhecer os métodos de análise

Cada conjunto de dados tem uma aplicação específica e defini-los vai indicar diferentes caminhos a serem seguidos.

Buffers, áreas de serviço, análise multicritério, estimativas de densidade e concentração são apenas alguns dos métodos de análise possíveis. Portanto, procure conhecer todos antes de definir qual estratégia será escolhida.

5º Passo: tomada de decisão

A tomada de decisão, em todos os casos, se resume em apenas duas opções: sim ou não. Apesar da simplicidade da resposta, é difícil responder essas perguntas quando o assunto é a sua empresa.

Com um bom estudo sobre as informações geográficas, as possibilidades de erros são reduzidas e as respostas das perguntas se tornam simples e diretas.

Contudo, podem surgir questionamentos e dúvidas. Por isso, recomendamos contar com a ajuda de especialistas no assunto

Gostou de entender mais sobre Geomarketing? Entre em contato com um de nossos consultores para implementar essa estratégia incrível na sua empresa! A Goakira está pronta para levar seu negócio ao próximo nível, e você?

Leia nossos e-books sobre Geomarketing e Negócios:

Acompanhe nossas Redes Sociais e saiba mais sobre o assunto:

Instagram LinkedIn Twitter Facebook

Posts relacionados