Master Franquia: o que é e como funciona o modelo?

11 minutos para ler

Você está pensando em expandir seu negócio para regiões distantes da sua sede ou mesmo para outros países? Então, a Master Franquia pode ser uma estratégia interessante para conseguir atingir esse objetivo.

Além de aumentar o reconhecimento da sua marca, você conseguirá dar um suporte mais próximo aos franqueados. Tudo isso sem precisar ter contato direto com verificações de padrões, sistemas e performance.

master franquia

Para entender como funciona esse modelo, você verá o que de fato é esse tipo de negócios e quando ela se mostra a melhor opção. Além da diferença entre ela e um desenvolvedor da área e como essa estratégia atua na expansão da marca.

Quer espalhar sua marca? Então descubra como fazer um bom investimento. Boa leitura!

O que é Master Franquia?

Pode-se dizer que ela é um tipo de modelo de negócios com o intuito de dar suporte localizado para os franqueados a partir de um método local. Normalmente, a formatação é diferente, dependendo da rede. Nesse caso, elas podem escolher se cederão mais obrigações e direitos ao auxiliador local.

Desse modo, a figura desse licenciado de suporte é um tipo mais qualificado de franqueado. Ele tem o conhecimento que é preciso para fazer a implementação, operação e comercialização dos serviços e produtos.

Assim, o Master Franqueado deve assinar um contrato com a rede para ser um ponto de suporte na região. Suas principais funções são buscar mais pessoas interessadas na licença, além de treinar e ajudar os que já estão atuando.

Para conseguir essa função, é necessário que o interessado faça um investimento maior. Ele deverá pagar uma Taxa de Master Franquia. Por outro lado, ele receberá pela participação nas receitas que foram geradas no território em que atua como suporte aos demais.

Como funciona

A Master Franquia tem função semelhante ao da licenciadora, pois se responsabiliza pela comercialização das licenças e suporte em regiões pré-determinadas.

Ela tem papel fundamental na expansão da rede, já que pode colaborar no crescimento da rede de forma estruturada, ou até mesmo mais ágil, pois, na maioria das vezes, o responsável pelo suporte tem conhecimento sobre as características da região onde tem a exclusividade de atuação para comercialização das unidades.

Benefícios

O Master Franqueado tem benefícios, como exclusividade para comercialização em determinada região. E poderá receber um valor percentual por nova franquia aberta. Porém, deve-se considerar que o investimento para se tornar um suporte e líder dos demais é mais alto, assim como o risco do negócio.

Podemos citar, como exemplo dessa estratégia, o empresário e empreendedor Carlos Wizard, que, atualmente, tem licenças das redes Taco Bell, KFC e Pizza Hut.

Cuidados e atenção

Vale ressaltar que ele deve estar atento a algumas questões do contrato, pois o documento pode conter metas para abertura de unidades, definições dos papéis do Master e do licenciador, além de informações claras sobre o não-cumprimento de metas. Dessa forma, você terá meios de controlar a qualidade dos serviços oferecidos, além de se resguardar juridicamente.

Perfil do Master Franqueado

É possível afirmar que a figura do Master Franqueado otimiza a expansão da rede, podendo ser, inclusive, uma ótima oportunidade para o licenciador. Entretanto, antes de partir para esse modelo de negócios, sugere-se que o interessado tenha experiência no ramo de atuação.

Para tanto, pode-se ter uma ou mais unidades da rede, conhecimento da região que será explorada pela companhia, bom networking (para a realização de prospecção), espírito empreendedor, “fôlego” financeiro para arcar com o valor de taxas diferenciadas e disponibilidade de tempo para imersão no negócio visando alavancar a expansão das unidades.

Quando você deve adotar a estratégia de Master Franquia?

A estratégia de Master Franquia é uma excelente solução quando a rede deseja atuar em mercados novos, seja em regiões ainda pouco exploradas no Brasil, seja no exterior.

Da mesma forma com que é possível colocar sua marca em outros países ou locais do país, há redes internacionais que também buscam expandir o mercado utilizando essa estratégia.

Exemplos

Um dos grandes exemplos disso é a Taco Bell, uma grande rede de fast-food dos Estados Unidos, que anunciou em maio o primeiro contrato para atuar no Brasil por meio de Master Franquia.

O objetivo da empresa especializada em comida mexicana é se expandir no país e aumentar o reconhecimento da marca. Para tanto, fez parceria com o grupo Sforza, que terá o direito para abrir novos caminhos no Brasil. O plano é criar 200 lojas até 2027.

Novos mercados

Diversas marcas brasileiras também têm apostado nesse modelo. Com uma parceria, é possível expandir a marca e contar um suporte mais próximo dos licenciadores. Isso é importante, especialmente em locais que são mais longe da sede da empresa franqueadora.

Além disso, um outro indício que esse modelo de negócios é indicado para você é o fato de contar com licenciados com poder de investimento reduzido. Você poderá expandir sua rede a partir de terceiros, precisando de menos esforço. Isso acontece por não precisar cuidar diretamente da verificação de sistemas, padrões e performance de cada empreendedor da localidade desejada, que será administrado por, pelo menos, um dos Master Franqueados escolhidos.

Para terminar, esse modelo também é interessante para os interessados, já que verão crescer o lucro, ainda que pague porcentagem de royalties recebidos pelo franqueado à licenciadora.

Qual é a diferença entre Master franquia e desenvolvedor da área?

O que é um desenvolvedor de área?

O desenvolvedor de área é um franqueado que tem grande liberdade para atuar em uma área geográfica. Ele poderá optar por abrir novas unidades ou desenvolver parcerias na mesma área de atuação. Entretanto, os contratos individuais com os outros licenciados continuarão sendo assinados pela rede e não pelo intermediário. Além disso, fazer um sublicenciamento é uma prática proibida.

Quais são as vantagens do desenvolvedor?

  • Contar com o desenvolvedor da área é uma boa opção quando ele tem recursos financeiros próprios para criar as novas unidades;
  • é interessante quando o desenvolvedor franqueado da área tem experiência na operação de unidades que tenham um segmento de atuação igual;
  • fornece maior controle para que o licenciador controle, desenvolva e dê a manutenção no sistema de licenciamento.

Como a Master Franquia se diferencia?

A Master franquia, diferentemente disso, acontece quando o licenciador faz um contrato com empreendedores da rede para montarem unidades-piloto que serão modelo para as demais, auxiliando tanto na capacitação quanto no suporte de novos empreendedores do grupo.

Comparado ao desenvolvedor da área, a Master Franquia possibilita aos licenciados algumas vantagens, como:

  • expansão dos seus negócios, ainda que não tenha recursos financeiros e gerenciais para isso;
  • simplificar a expansão em locais que possam ser distantes da rede licenciadora.

As desvantagens do modelo, ao se comparar com desenvolvedor da área são:

  • é necessário contar com um cronograma para garantir a performance da operação da Master Franquia, já que o licenciador terá maior liberdade de atuação;
  • entretanto, é difícil estabelecer esse cronograma quando a marca da rede não é conhecida na região em que ele operará, precisando de maior conhecimento sobre o desenvolvimento da ideia de franquias nos locais, bem como a existência de concorrentes já estabelecidos no mercado.

Master Franquias: quais são os desafios de expansão da rede?

Atualmente, as pessoas vivem na era da superinformação, na qual somos bombardeados a todo momento por excesso de estímulos. Em uma conversa informal, é bem provável que você já tenha escutado, ou mesmo falado, algo como “assista determinado programa”, “acesse agora”, “compre determinada marca”, “ouça esta música”, “assista aquela série”.

Isso, talvez, gere uma certa ansiedade, sensação de falta de tempo, ou até necessidade de fazer aquilo que foi sugerido. É provável que você se questione sobre o que isso tem a ver com as redes, ampliação ou expansão delas.

Em um ambiente corporativo, assim como nas franquias, devido à alta competitividade, há a necessidade de atender a diversas exigências, como crescer rápido, ampliar território de atuação, conquistar novos mercados, ou expandir a sua rede.

Com isso, cada vez mais as empresas buscam soluções estratégicas que respondam a pergunta: como faço isso?

Modelos de franquias

Falando especificamente sobre as redes, no modelo tradicional, existem duas entidades com responsabilidades e funções distintas. Uma delas é a franqueadora, que é a proprietária responsável pela marca e detentora do know-how do negócio.

Além de ter expertise no ramo de atuação, ela também oferece suporte à operação, realiza treinamentos contínuos e define as diretrizes do negócio. Outra figura desse modelo é o empreendedor. Ele realizará a gestão de sua unidade com base no know-how e nas diretrizes definidas pela licenciadora.

Para continuar operando a unidade, o licenciado de suporte pagará mensalmente para a empresa franqueadora uma taxa de royalties. Taxa referente ao direito de explorar ou comercializar uma marca ou produto. Além disso, ele deverá pagar uma taxa que diz respeito ao ingresso dele na rede, transferência de know-how, treinamentos operacionais e disponibilização de manuais.

Algumas redes cobram, também, uma taxa de publicidade. Essa taxa pode ser um percentual sobre o faturamento bruto ou um valor fixo que será utilizado nas ações de marketing da licenciadora.

Funções

Cada uma das partes têm funções diferentes. Pois, enquanto o franqueado está focado basicamente no sucesso de sua unidade, aumento do faturamento e consolidação do negócio, por outro lado, a licenciadora é responsável pela gestão da rede, apoio aos empreendedores e expansão da rede.

Uma vez que os papéis da licenciadora e do franqueado são definidos, pode-se apresentar um terceiro elemento. Elemento conhecido como Master Franquia.

Como expandir a rede

Por mais que seja óbvio, é fundamental planejar cada passo para a expansão da rede de forma estratégica. Pois devemos considerar que, culturalmente, os profissionais brasileiros têm o perfil de executores. E muitas vezes deixam de lado um planejamento mais refinado com análise de riscos ou oportunidades.

Um dos erros mais comuns é ter o desejo de crescer de forma muito rápida e, às vezes, desordenada. Ou mesmo por não ter experiência no negócio. Outro ponto que deve ser considerado é a falta de análise de questões territoriais ou culturais. Pois isso pode comprometer o sucesso da expansão da rede.

A franqueadora deve definir seus objetivos, pois “se você não sabe aonde quer chegar, qualquer caminho servirá, inclusive o errado”. A partir dessa clareza, ela poderá dar suporte ao Master Franqueado e licenciados. Dessa forma é possível alcançar os objetivos traçados estrategicamente.

A decisão de realização de um upgrade na relação do franqueado com a licenciadora deve ser planejada de forma estratégica. Sempre levando em consideração os benefícios e respectivas responsabilidades para que ambos possam colher os melhores frutos dessa relação.

Investir em uma Master Franquia é uma ótima opção. Especialmente quando você quer expandir seus negócios sem precisar contar com parceiros com alto grau de poder de investimento. Além disso, são eles que são responsáveis diretamente por dar o suporte necessário, bem como atuar para encontrar novos licenciados.

Como você viu, o investimento em Master Franquias já é realidade no Brasil. Até mesmo instituições internacionais já têm apostado nessa estratégia para operar em solo brasileiro. Por isso, você também deve pensar nessa opção para expandir seus negócios. Para tanto, consulte sempre uma consultoria de franquias especializada. Assim você saberá se essa é mesmo a melhor opção para você e receber todo apoio jurídico necessário.

Quer receber mais dicas para formatar seu modelo de negócios ou expandir sua marca? Então, continue de olho no blog da Goakira.

Posts relacionados