Saiba quais cuidados devem ser tomados com a microfranquia

6 minutos para ler

Quer montar uma microfranquia? Excelente ideia! Entretanto, antes de começar a executá-la, é importante tomar alguns cuidados. Assim, você aproveitará que o mercado está em expansão e terá mais condições para fazer seu negócio crescer, aumentando as vendas das franquias.

Neste artigo, você entenderá o que é uma microfranquia, quais são os cuidados que você deve ter ao transformar seu negócio em uma e como uma consultoria pode ser útil nesse processo.

Quer alcançar novos objetivos? Então, veja como as microfranquias podem ajudá-lo nisso. Boa leitura!

O que são microfranquias?

Microfranquias são negócios replicados a partir do modelo de franquias (franchising) que exigem, normalmente, investimento menor ao que é encontrado nas tradicionais.

Para que um negócio seja considerado como uma microfranquia, a ABF (Associação Brasileira de Franchising) definiu como valor máximo de investimento três vezes o PIB anual per capita (Produto Interno Bruto por habitante em um ano) — em 2018, esse valor é próximo de 90 mil reais.

As microfranquias apresentam resultados de acordo com a capacidade que elas têm para vender e atender seus clientes, mas isso não significa que ela gerará um microfaturamento. Na verdade, isso dependerá, essencialmente, da capacidade de trabalho dos franqueados, bem como do seu interesse e comprometimento com o negócio.

Ou seja, para que sua microfranquia seja interessante para os franqueadores, você deverá ter um plano de negócios que consiga mostrar como eles conseguirão ter um bom lucro.

ebook sobre rede de franquias

Quais são os cuidados que devem ser tomados?

Veja, agora, o que você deve fazer antes de se tornar um microfranqueador. Confira!

Pesquisa de marcas

Para começar, não tome decisões por impulso. Como o assunto é complexo e precisa de investimento, você deverá analisar para descobrir quais são as melhores opções para seu negócio. Afinal, nem sempre transformar seu empreendimento em uma microfranquia será vantajoso para você

Sendo assim, o primeiro passo a ser dado é realizar uma avaliação de mercado. Veja quais são as franquias em atuação que estão em sua área e, então, avalie as marcas em que você se interessou, pesquisando em sites, como o Reclame Aqui, para descobrir como o público enxerga o empreendimento.

Esses dados poderão ser interessantes para mostrar quais são os desafios que o seu negócio terá pela frente, bem como o que deve ter de diferencial frente a concorrência.

Há diversas microfranquias que são mal estruturadas. Em alguns casos, o franqueador não possui unidades próprias e, dessa forma, ele não tem real conhecimento sobre a operação para mostrar para o franqueado.

Além disso, há microfranquias que realizam diversas operações, uma vez que não é fácil ser bom em tudo. Com esse estudo, você saberá o que fazer para montar um empreendimento de sucesso, tendo maior maturidade para tomar as principais decisões.

Verifique também como os franqueados e ex-franqueados dessas marcas pensam. Eles estão satisfeitos com os serviços prestados pelos franqueadores? Há muitas reclamações sobre um mesmo assunto? Com esse conhecimento, você conseguirá criar um plano de negócios que atenda às principais pautas pedidas por esse público, criando um negócio diferente para o mercado.

Autoanálise

Quando o empreendedor opera sozinho o seu próprio negócio, aspectos relacionados à liderança não são tão importantes. Entretanto, quando o foco comercial está conectado a um número maior de funcionários, ele deve ter uma liderança forte.

Com a gestão de pessoas é que seu negócio poderá florescer, e esse trabalho precisa de muita dedicação e esforço. Contudo, mais do que isso, é preciso ser perseverante mesmo nos momentos mais difíceis. Por isso, verifique se você apresenta esse perfil.

Embora ser um microfranqueador seja uma tarefa interessante e que pode trazer mais lucro para seu negócio, é necessário saber quais são os desafios que serão enfrentados, bem como se você está preparado para isso.

Se você entender que não possui o perfil, isso não significa que você não poderá transformar seu negócio em uma franquia. Diferentemente disso, você terá indicadores para esperar mais um pouco, agregar valor a sua personalidade a partir de cursos, palestras e coaching.

Dessa forma, você não atropelará os processos para alcançar seus objetivos e estará mais pronto para o sucesso. Ou seja, a autoanálise mostrará qual é o caminho que você deverá trilhar.

Franqueadores e ex-franqueadores

Outro cuidado que você deve tomar é encontrar pessoas que já transformaram seus negócios em uma microfranquia. Eles poderão dar dicas importantes sobre o que você deve fazer para conseguir o sucesso, bem como os erros que precisa evitar. Esse relato é fundamental para que você tenha uma base melhor para verificar se isso é para você ou não.

Além disso, veja o que ex-franqueadores podem dizer para você. Escute quais foram os motivos que os levaram a desistir do objetivo de ter uma microfranquia de sucesso. Após essa fase, você estará mais próximo de verificar se está tomando o mesmo rumo que levou diversas pessoas para a falência.

Investimento

Para transformar seu negócio em uma microfranquia, você deverá fazer novos investimentos. Mas com a mesma eficiência e qualidades atuais. Dessa forma, você precisará de soluções de logística e advocacia para dar segurança jurídica ao seu negócio. Além de desenvolver todo o treinamento para que os franqueados possam praticar as atividades de forma eficiente.

Entretanto, não utilize todo o dinheiro disponível de uma única vez. Caso você precise fazer mais algum investimento em áreas não contempladas, você terá como realizar. Além disso, é possível que sua franquia demore algum tempo para produzir o lucro esperado. Sendo assim, ter um dinheiro reservado dará tranquilidade para você e seu negócio.

Como uma consultoria pode ajudar?

Uma consultoria ajudará você a entender se você tem o perfil necessário para abrir sua microfranquia, além de auxiliá-lo em todos os processos obrigatórios, como a criação da Cricular de Oferta de Franquia (COF), contratos, processo seletivo para franqueados, bem como a entender quaisquer necessidades jurídicas e administrativas que você tiver. Dessa forma, a chance de que seu negócio cresça é maior.

Agora você sabe quais são os cuidados que você deve ter antes de se tornar um microfranqueador. Então, está na hora de começar a se planejar. Confira o quão próximo do seu objetivo você já está e o que falta para alcançá-lo. Não tenha medo de fazer uma análise coerente. O resultado dela mostrará se você já está preparado para começar uma nova vida com microfranquias.

Para tanto, é necessário ter diferenciais competitivos, e para isso você pode conferir o nosso post sobre como destacar seu negócio. Esperamos por você!

Posts relacionados

Deixe um comentário