Varejo omnichannel: como essa tendência vai beneficiar o seu negócio?

6 minutos para ler

O varejo omnichannel pode ser explicado como o trabalho em cooperação dos canais online e offline de um negócio. O intuito dele é reduzir conflitos e melhorar a experiência de compra do consumidor.

Ao ter uma jornada de compra melhor, ganha-se mais autoridade e vantagem competitiva em relação aos concorrentes. Em um universo onde os clientes exigem agilidade e experiências melhores, contar com esse tipo de recurso pode fazer toda a diferença nos seus resultados.

Então, pode-se dizer que esse conceito não é uma mera tendência e, sim, parte da transformação na forma de consumir que está acontecendo a todo vapor.

Para mostrar como o seu negócio pode se beneficiar do varejo omnichannel, listamos, abaixo, alguns tópicos que vão explicar tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Acompanhe!

Como se preparar para o varejo omnichannel?

Preparar-se para o varejo omnichannel é um grande desafio. Mas, não se pode embarcar em uma nova realidade sem entender antes como ela funciona. E não há mudança benéfica que ocorra sem que exista uma estratégia bem formulada por trás.

Então, é necessário focar em alguns pontos cruciais, os quais você vai conhecer a seguir!

Invista em tecnologia

O investimento em tecnologia é um grande ponto de partida para uma estratégia de omnichannel bem-sucedida. É inviável pensar em integração de vendas sem valorizar o poder que a tecnologia tem de realizar esse processo com mais eficiência.

Softwares de integração, como um CRM, por exemplo, são grandes aliados nesse momento em que a gestão precisa ser acima da média para que tudo funcione perfeitamente.

Também é preciso escolher uma boa plataforma de e-commerce para que não haja inconsistências nessa integração entre os canais de venda online e offline. O tão famoso ”comprar no site e retirar na loja” precisa estar muito bem estruturado para que funcione com a devida eficiência, por exemplo.

Mude a cultura da empresa

Aplicar uma tendência, como o varejo omnichannel, não é fazer apenas a mera inserção de um novo recurso de vendas, mas iniciar um processo que, para funcionar, demanda uma mudança na cultura da empresa.

Isso ocorre porque é grande o impacto que esse conceito causa no funcionamento do negócio. É necessário haver essa mudança para gerar o devido engajamento em todos os setores envolvidos, incluindo, aqui, o treinamento da equipe de vendas.

Só assim, haverá um processo logístico bem estruturado e alinhado com o que o consumidor está buscando. Somente isso vai evitar que ele tenha dificuldades na hora de comprar, receber e/ou retirar o seu produto, independentemente de qual for o canal escolhido.

Há outros desafios, como a organização fiscal, que precisa ser aprimorada para atender a esse modelo que se diferencia bastante do que vinha sendo praticado até então. Acelerar as vendas deve ser uma ação acompanhada de uma estruturação que não permita falhas fiscais, e tudo deve estar bem alinhado dentro disso: emissão de notas fiscais, trocas de produtos, devoluções, estornos, pagamentos etc.

É possível utilizar a tecnologia para isso (um ERP, por exemplo) e também contar com ajuda especializada (escritório contábil e similares) para atender a essa demanda com mais propriedade e segurança.

Padronize a comunicação

A aplicação do varejo omnichannel exige um marketing bem alinhado, considerando todos os canais. Tudo que se relaciona à propaganda e à divulgação deve estar em sintonia para evitar desencontros e atender às expectativas dos consumidores.

Mesmo que os ambientes variem e, até mesmo, as estratégias de comunicação de cada um sejam diferentes na sua essência, é preciso desenvolver um conceito integrado para que o omnichannel funcione.

Por isso, é fundamental focar em uma identidade única que permita a replicação de uma boa experiência e facilite a identificação da empresa em qualquer canal disponibilizado aos clientes.

Quais as vantagens do omnichannel?

O omnichannel traz muitas vantagens para um negócio. Confira, a seguir, algumas delas!

Crescimento das vendas

Ter mais canais não significa necessariamente que se venderá mais. No entanto, ter canais organizados e que conversem bem entre si, sim. Ao dar mais opções, é favorecido o desejo (e até a viabilidade) do consumo, sendo o aumento nas vendas o resultado natural disso.

Um simples exemplo que favorece esse aumento é o já citado “compre no site e retire na loja”. Não pagar frete é um grande atrativo para muitas pessoas, além da possibilidade de diminuir o tempo de espera pelo produto.

Maior eficiência

Mesmo com complexidade inicial de integrar os canais para o varejo omnichannel, umas das vantagens desse processo é a maior eficiência gerada por ele.

A explicação está no fato de que, depois que uma integração bem-feita acontece, tudo passa a funcionar melhor. Logo, tanto o processo de vendas como o processo de compras são descomplicados e geram mais eficiência.

Aumento na satisfação do cliente

Cliente satisfeito e recorrência de vendas são conceitos que andam juntos. Como vender mais passa muito pelo retorno de clientes já captados para comprarem novamente. Portanto, focar em uma performance que os deixem satisfeitos é primordial para que isso aconteça.

É importante, inclusive, buscar feedbacks desses consumidores e usá-los para deixar a sua experiência omnichannel ainda melhor.

Quais as desvantagens do varejo omnichannel?

Como não existe estratégia perfeita, é claro que o omnichannel também traz algumas desvantagens. Uma questão importante é que o conceito de desvantagem, aqui, depende muito do ponto de vista.

Uma possível desvantagem é a mudança frequente na abordagem para acompanhar as tendências de consumo que vão surgindo. Essa observação de mercado exige tempo e estudo, o que pode ser incômodo e trabalhoso para alguns.

Por ser um conceito relativamente novo, acertar na estratégia acaba sendo desafiador.

Mas qualquer inconveniente mencionado aqui é discutível e, conforme dito, depende da interpretação de cada um. Compreender isso ajuda a desenvolver com sucesso o uso dessa tendência.

O varejo omnichannel é a consolidação de uma revolução na forma de vender e consumir. Isso transformou totalmente as relações entre empresa e cliente e favoreceu uma experiência melhor para todos. Assim, gera-se maior profissionalismo, competitividade e estratégias mais completas.

Falando em estratégias completas, assine a nossa newsletter! Assim você receberá dicas que vão fazer toda a diferença no dia a dia do seu negócio. Não há custo nenhum, então, aproveite!

Posts relacionados

Deixe um comentário