Comprar uma franquia ou abrir o próprio negócio?

3 minutos para ler

O sonho de todo brasileiro é ser dono do seu próprio negócio. Porém existem muitos desafios a serem superados. Começar um negócio do zero, requer muita determinação, foco, persistência e criatividade, além de muita habilidade em gestão financeira, logística e pessoas.

ebook sobre formatação de franquiasPowered by Rock Convert

Diante deste cenário, uma das alternativas é comprar uma franquia, que já traz ao empreendedor know-how e expertise de mercado. Mas mesmo no franchising, em que o empreendedor se beneficia ao atuar com uma marca que já está consolidada no mercado de atuação, sempre surgem desafios e é preciso estar preparado. Antes de adquirir uma franquia verifique o que a marca oferece e como você pode alavancar o sucesso do negócio.

Marketing

Uma franquia tem marketing definido para que o franqueado tenha sucesso com ações comerciais de impacto, maior fluxo de clientes, maior ticket médio e, consequentemente, maior faturamento. Em um negócio próprio as ações de marketing não seguem um padrão específico e nem sempre geram resultados, pois não são elaboradas por especialistas.

Logística

A franqueadora tem poder de negociação e sempre vai realizar negociações mais robusta com preços diferenciados, que melhoram a margem ao franqueado e faz o negócio ser mais competitivo. Para um empreendedor com seu negócio próprio, esse poder de negociação acaba não existindo devido seu tamanho operacional e volume de compra.

Inovação

Esse ponto é muito importante! A franqueadora deve sempre buscar inovação e desenvolvimento para o negócio, a fim de manter a franquia competitiva e melhorar o mix de produtos e serviços. O empreendedor, muitas vezes, está tão imerso na operação que a sua visão estratégica se torna mais conservadora e restritiva.

Treinamento

Necessário e fundamental para a evolução da franquia. Com o treinamento, a franqueadora consegue multiplicar o conhecimento e manter atualizada as equipes das unidades franqueadas. As franqueadoras mais estruturadas e preocupadas com a experiência do cliente sempre apostam em um departamento de treinamento e capacitação. Esse ponto é mais complicado para o empreendedor individual, pois treinamento é fundamental, mas custa caro. Em alguns casos é inviável investir na capacitação dos seus colaboradores.

cursos da jinPowered by Rock Convert
Consultoria de campo

Com a intenção de facilitar a gestão da unidade franqueada, o consultor de campo é um profissional focado na operação e gestão do negócio. O consultor está disponível para dar o apoio necessário ao franqueado. Além de apontar oportunidades de melhorias e boas práticas, ele verifica padrões e procedimentos para o bom funcionamento da unidade.  Ele também auxiliar na gestão financeira, com análises do DRE (demonstrativo de resultado em exercício) e fluxo de caixa. O empresário que tem um comércio comum não tem acesso a esse apoio e isso pode fazer toda a diferença.

Ainda existem outros serviços que a franqueadora pode oferecer ao franqueado. Dessa forma, pode criar mais departamentos de suporte. Pode criar eventos regionais com outros franqueados ou organizar a tão famosa convenção de franqueados. Nesse evento, a franqueadora compila todas as inovações para o ano subsequente e apresenta a sua rede. Entretanto, o custo gira em torno de 5% do faturamento da unidade. Por fim, o empreendedor precisa avaliar quais desafios pretende enfrentar e qual caminho seguir na sua empreitada de sucesso.

Por: Thiago Rufino

Posts relacionados

Deixe um comentário