Construindo uma franquia de sucesso: 5 dicas essenciais

12 minutos para ler

Muitos empreendedores querem construir uma franquia de sucesso. Contudo, antes de alcançar esse objetivo, é necessário estudar, se planejar e contar com uma equipe especializada no assunto, já que uma boa gestão é fundamental para maximizar os resultados do empreendimento.

Às vezes, o empresário tem uma empresa bem-sucedida, mas pode começar a acreditar que já sabe tudo o que precisa para ter sucesso na empreitada de criar uma franquia. Entretanto, esse é um mercado que exige muito conhecimento, e você precisa estudar e se especializar constantemente para garantir crescimento e solidez.

Neste post, trouxemos 12 dicas essenciais para criar uma franquia de sucesso. Assim, você saberá por onde começar e o que deve fazer para transformar sua empresa em uma franquia lucrativa, aumentando as vendas. Pronto para essa nova etapa? Continue conosco e boa leitura!

tudo sobre rede de franquiasPowered by Rock Convert

1. Entenda a demanda pelo produto ou serviço

Uma das primeiras atitudes que você deve tomar para construir uma franquia de sucesso é entender qual é a demanda pelo seu produto ou serviço. Não basta ter uma empresa consolidada no mercado, você precisa descobrir se o produto que vende ou serviço que presta tem grande demanda além das fronteiras de seu território de origem.

Problemas nessa análise podem resultar em franquias malsucedidas. E, vale lembrar que nem sempre franquear seu negócio é a melhor opção. Algumas vezes, o caminho mais interessante pode ser criar mais filiais da sua empresa.

2. Faça uma boa pesquisa de mercado

Desenvolver uma boa pesquisa de mercado é essencial para uma franquia de sucesso. É nesse momento que você colhe informações preciosas sobre o mercado em que ingressará — ou no qual já está.

Vale lembrar que, quanto mais conhecimento você tiver (sobre mercado, fornecedores e clientes), melhores serão as chances de garantir um grande faturamento. Para fazer a pesquisa, você deve se basear em dados primários e secundários. Entenda o que significam!

Dados primários

São aqueles obtidos por pesquisas realizadas exclusivamente para sua empresa. Podem ser quantitativos e qualitativos. No primeiro caso, você trabalha com números e critérios estatísticos, medindo opiniões e preferências. No segundo, as percepções dos usuários são avaliadas, sem que sejam quantificadas.

Dados secundários

Os dados secundários contam com diversas fontes (como jornais e revistas), mas a precisão deles deve ser analisada. Se as fontes não forem confiáveis, todo o trabalho pode ir por água abaixo. Lembre-se, também, de consultar a data de publicação, quando as informações forem originadas de sites na Internet.

Conteúdo da análise

Antes de fazer sua pesquisa, defina quais são os objetivos dela, delimitando:

3. Verifique as questões legais e contábeis

O franqueador precisa contar com uma assessoria jurídica e contábil. Assim, as chances de ter surpresas no futuro são menores. Ter profissionais experientes na equipe ajuda a fazer contratos bem-feitos, como a licença de uso da marca e a Circular de Ofertas de Franquia (COF). Além disso, você tem mais instruções sobre o que fazer quando seus franqueados não cumprirem as regras estabelecidas em contrato.

Os profissionais também podem dar o Norte que você precisa para tomar as melhores decisões no dia a dia. Como as franquias têm uma contabilidade complexa e específica, será preciso ter a colaboração de experts em contabilidade. Além disso, você também deve cumprir com exigências fiscais, tributárias e outras, relacionadas à folha de pagamento.

Nos treinamentos práticos, todos erram frequentemente, já que os cursos ministrados normalmente não passam de lições básicas. Assim, os franqueados ficam confusos e sem saber como aplicar o que aprenderam. Então, para franquear seu negócio, avance em questões contábeis.

Entender bem as determinações legais e contábeis é algo que começa na criação de sua franquia e continua no ambiente empresarial, já que as decisões que você tomar impactarão essas áreas.

4. Mantenha-se atento ao mercado de franquias

Para criar uma boa franquia, você precisa de muita informação. Uma maneira de absorver mais conhecimento é participando de cursos. Empresas como o Sebrae e a Associação Brasileira de Franchising (ABF) sempre disponibilizam opções para empreendedores interessados nessa área. Procure saber qual é o calendário de cursos e palestras nas unidades regionais.

Além disso, a internet também é um canal interessante para encontrar materiais relevantes sobre a criação de franquias. E outras possibilidades são as feiras e eventos. Assim, além de acumular mais conhecimento, você tem oportunidades para conhecer profissionais e companheiros de mercado. Esses contatos podem fazer a diferença no futuro!

Tudo isso também é útil para você entender se outras franquias no seu ramo já tiveram o retorno esperado. Dessa forma, você pode saber o que fazer (e o que não fazer) para ter sucesso em seu mercado específico.

5. Converse com outros franqueadores

Praticando seu networking dentro da área de franquias, você tem a oportunidade de conhecer outros franqueadores com mais tempo de estrada. Por mais que você conheça bem o seu negócio, eles sabem como replicá-lo, pois já fizeram isso com os deles.

Portanto, converse com essas pessoas, entenda suas estratégias, ouça sobre seus erros, acertos e lições aprendidas. Aproveite toda essa experiência para direcionar os seus planos. Saber o que já deu certo ou errado antes pode representar um atalho importante para o sucesso da sua franquia.

Mas fique atento: cada segmento tem suas próprias características, e você deve levar as do seu negócio em consideração, pois nem sempre o que funciona para um serve para outro. Nessa hora, vale o bom senso e a sua capacitação de gestão.

6. Elabore um plano de negócio

Uma das etapas mais importante na hora de abrir um negócio é a elaboração de um plano. Nem sempre seus futuros franqueados conseguirão fazer isso por conta própria e de modo alinhado às suas expectativas como franqueador.

Portanto, é fundamental fornecer essa visão geral do empreendimento a eles. No plano de negócio da sua franquia, você deve apresentar informações relevantes para que o padrão da empresa seja mantido, incluindo:

  • a proposta de valor da marca;
  • os recursos necessários para a operação;
  • o custo desses recursos;
  • os canais de comunicação e distribuição etc.

7. Estabeleça o posicionamento da marca

Não existe franquia se cada um dos pontos se posicionar de uma forma diferente. Por isso, é fundamental que o seu conceito e posicionamento estejam muito claros para os franqueados. Caso contrário, há o risco de perder a essência da sua franquia.

Portanto, o propósito da marca, sua identidade visual, sua cultura corporativa, seus valores, missão e visão devem estar bem claros e documentados, evitando que haja desalinhamento entre uma unidade e outra. Isso vale também para os preços praticados, para a forma como os pontos de venda são montados e os produtos, expostos.

Os processos e condutas relacionadas ao atendimento ao cliente e pós-venda devem fazer parte desse posicionamento. Para tanto, é fundamental criar um padrão de atendimento e uma “voz” para a sua marca. Ainda mais: isso precisa ser replicado para todos os colaboradores envolvidos na operação de cada unidade franqueada.

Esse posicionamento da marca é fundamental para padronizar as estratégias de marketing da franquia.

8. Invista na gestão de equipes

Se você quer construir uma boa franquia, precisa ser um bom líder e gestor. De certa forma, você vai liderar cada franqueado.

Por isso, investir em capacidade de liderança trará mais preparo para lidar com os problemas que surgirem. Isso faz com que o empreendedor se sinta mais confiante e respaldado. Além disso, ao ter uma postura de líder, você ajuda os franqueados na conquista de bons resultados.

colaboradores são fundamentaisPowered by Rock Convert

Uma boa opção para gerir equipes é o Empretec, que conta com metodologia criada pela ONU (Organização das Nações Unidas) e conduzida, no país, pelo SEBRAE. A ferramenta é útil para desenvolver comportamentos importantes para os empreendedores. No Brasil, 75% dos alunos disseram ter aumentado o lucro mensal de seus negócios depois de participarem do seminário.

Lembre-se que os proprietários de cada uma das unidades da sua franquia também precisarão ser bons líderes para que o padrão da marca seja mantido. Por isso, é muito importante que eles também invistam em treinamentos de liderança e aperfeiçoamento pessoal.

9. Melhore o seu poder de barganha

Como franqueador, você compra muito mais matéria-prima para a produção e distribuição dos seus produtos a toda a rede franqueada. Isso permite negociar melhores preços, prazos e condições de pagamento com seus fornecedores.

Portanto, o aperfeiçoamento das suas habilidades de barganha é fundamental para garantir uma operação mais enxuta e uma margem de lucro melhor — tanto para você quanto para seus franqueados.

10. Acompanhe a implementação de cada unidade

Para ter a absoluta certeza de que todas as unidades fraqueadas estarão de acordo com o padrão determinado no contrato e com seu posicionamento de marca, é necessário treinar a equipe e acompanhar a implementação de cada projeto.

Claro que, com o passar do tempo e o crescimento do número de unidades, você precisará de uma equipe preparada para essa tarefa, mas, ainda assim, é fundamental que ela não deixe de ser feita. Afinal, um único franqueado fora do padrão pode ser suficiente para comprometer a reputação da sua marca.

Esse acompanhamento tem que ser realizado desde a elaboração e assinatura do contrato de franquia, devendo permanecer depois que a unidade entrar em operação. Mantenha-se a par:

  • do processo de recrutamento de colaboradores;
  • da contratação de fornecedores;
  • do cumprimento de cronogramas;
  • do atendimento ao cliente e sua satisfação com a experiência de compra em cada unidade, depois da inauguração.

Lembrando que todos os quesitos citados provocam graves consequências para você e para o seu franqueado, quando não observados. Por exemplo, um cronograma não cumprido pode acarretar no atraso da inauguração, e cada dia de estabelecimento fechado representa uma distância maior do retorno do investimento.

Do mesmo modo que a contratação de fornecedores não credenciados e aprovados no seu plano de negócio pode implicar queda de qualidade dos produtos e, consequentemente, insatisfação do cliente. Isso faz com que a sua marca acabe sendo malvista pelo público.

11. Invista em aperfeiçoamento de processos

A cada nova unidade inaugurada, você vai identificar novos erros. Documente cada um deles, para que sejam corrigidos e evitados no futuro. Por meio das lições aqui aprendidas, se torna possível otimizar cada vez mais os processos da sua franquia.

Para isso, além do acompanhamento sobre o qual já conversamos, é interessante haver uma troca de feedback constante com todos os seus franqueados. Isso ajuda a detectar e resolver os problemas e, ainda, a replicar as ações bem-sucedidas.

12. Crie um procedimento de pós-venda

Um erro que precisa ser evitado pelos empreendedores é achar que, depois de realizar a venda, o esforço para a satisfação do cliente já pode ser cessado. No caso das franquias, o cuidado com o pós-venda é ainda mais fundamental, por se tratar de um grande aliado na construção de uma boa reputação para marca.

Portanto, elabore uma conduta de pós-venda que inclua o cadastramento de cada cliente para contatos futuros em ações como:

  • pesquisas de satisfação;
  • programas de fidelidade;
  • incentivo a indicações;
  • envio de promoções;
  • lembrança de datas especiais como os aniversários (de nascimento, casamento, ou até da primeira compra) etc.

Se você quer franquear seu negócio, deve ter em mente que entrará em uma nova fase, com desafios distintos dos já enfrentados até o momento. Então, prepare-se ao máximo para vencer as dificuldades que aparecerem no caminho. Isso se consegue com capacitação e aperfeiçoamento constantes, afinal, uma franquia de sucesso não se constrói sem conhecimento e experiência.

Por último, saiba que é fundamental contar com uma equipe que possa ajudá-lo de forma contínua no desenvolvimento do perfil ideal. Mais ainda, faça uma autoavaliação criteriosa e tenha conhecimento holístico sobre a operação. Esse é o caminho para conquistar os melhores resultados.

Não existe uma receita mágica para construir uma franquia de sucesso. Então, mãos à obra! Enumere os conhecimentos que você deve ter, bem como as habilidades que precisam ser lapidadas. Um grande franqueador se forma com o tempo.

Quer tirar suas dúvidas e saber mais sobre como construir uma franquia de sucessoEntre em contato conosco e fale com um de nossos especialistas agora mesmo!

Posts relacionados

Deixe um comentário