5 dicas infalíveis para um branding de franquia de sucesso

7 minutos para ler

O branding se caracteriza como uma série de ações estratégicas que visam criar a percepção desejada por parte do consumidor em relação ao que a marca faz. Também é conhecido como gestão de marcas. Apesar de ser uma ferramenta que pode ser aplicada em qualquer tipo de negócio, ela ganha grande destaque quando utilizada na gestão de franquias.

Portanto, podemos definir o branding de franquia como a união da força da marca com as ações feitas pelas lojas dos franqueados. Nem todas dão a liberdade necessária para o franqueado criar ações mais específicas. Porque cada rede possui as suas próprias regras. Porém, há aquelas que dão grande independência para que o parceiro possa criar uma estratégia própria.

tudo sobre rede de franquias

O grande desafio é manter o alinhamento entre o que marca deseja passar com o que o mercado exige, especialmente em termos regionais, já que o comportamento e demanda variam conforme a localidade. Então, que tal aprender dicas infalíveis para montar um branding de franquia de sucesso? Continue a leitura até o final e confira nossa lista!

1. One brand experience

Uma rede de franquias possui diversas unidades, as quais buscam passar a mesma experiência em todas elas. Isso é o que podemos chamar de one brand experience.

Mesmo que manter o padrão seja uma das características mais fortes das franquias, na prática, vemos que há diferenças, muitas vezes, significativas entre uma loja e outra. Essa realidade representa uma certa desestruturação e compromete o atendimento ao cliente, dificultando o encantamento, a fidelização e a experiência como um todo.

Vale lembrar também que, quando um cliente procura uma unidade de determinada marca, ele já tem alguns valores em mente, principalmente positivos, como confiança e satisfação. Portanto, uma experiência desagradável pode colocar tudo isso em risco.

Cabe, então, a um branding de franquia a responsabilidade de integrar toda a rede em prol do mesmo objetivo, focando no posicionamento estratégico e na mensagem que a empresa deseja passar para os seus consumidores. Essa padronização ajuda a manter as ações em alto nível, mesmo em locais e realidades diferentes.

É importante frisar que essa é uma missão desafiadora, a qual exige atributos como comunicação interna de qualidade, treinamento dos franqueados e treinamento da equipe de colaboradores.

2. Cuidados a serem tomados

Para ter êxito na construção de um branding de franquia sólido, alguns cuidados precisam ser tomados. Um deles, e talvez o principal, é o monitoramento das ações que as lojas estão fazendo.

Por mais que haja confiança no franqueado, até mesmo pelo fato de ele ter passado tanto por um processo seletivo rigoroso como treinamentos específicos, é importante ter ciência de que uma ação errada pode trazer grandes prejuízos à marca, principalmente, se ela não for resolvida em tempo hábil.

Em um rápido exemplo, imagine que a loja X vem apresentando problemas de atendimento que estão desagradando os consumidores. Quanto mais tempo demorar para essa questão ser solucionada, maior será o prejuízo, incluindo a perda de muitos clientes.

Um monitoramento eficiente perceberá isso fácil. Até mesmo porque alguns sinais levariam a esse entendimento, como a baixa nas vendas, por exemplo. Então, ter uma comunicação frequente com o franqueado e utilizar métricas de análise de desempenho ajudam para que o branding funcione melhor e traga os resultados almejados.

3. Promoção planejada

Toda promoção de loja deve seguir dois preceitos: respeito à unidade da marca e adaptação ao mercado locais. Para ilustrar isso, novamente usaremos um exemplo fictício: considere que uma franquia abriu a sua primeira unidade em uma região na qual não teve nenhuma atuação anterior.

É certo que a missão será bem desafiadora, de forma a exigir que a promoção da nova unidade seja bem planejada. Além disso, há dois tipos de consumidores nesse novo mercado: aqueles que nunca ouviram falar da sua marca e os que já conheciam e estavam à espera da abertura de uma loja na região.

Para o primeiro tipo de consumidor, há uma necessidade grande de criar ações que chamem a atenção dele. Elas precisarão ser diferenciadas e exigirão um bom estudo para que não fujam muito do padrão da marca.

Quanto ao segundo tipo, a responsabilidade também é grande, afinal, há anseio por consumir e, principalmente, vivenciar a experiência positiva que a sua marca proporciona.

Agora imagine que o lançamento dessa unidade seja feita sem respeitar o que foi alinhado no branding. O fracasso seria grande, comprometendo o desempenho da loja naquela cidade, bem como trazendo um prejuízo enorme em termos regionais — e isso também vale para as unidades já atuantes. Criar ações que respeitem o padrão de franquia é fundamental para garantir resultados melhores e que façam jus à força da marca.

4. Respeito à unidade da marca

Conforme dito, vamos nos aprofundar no respeito à unidade da marca, elemento crucial dentro de um branding de franquia. Pra facilitar a vida dos franqueados e deixar as regras claras, é importante que o franqueador tome algumas ações. Confira quais são elas:

Processos bem definidos

Ter processos bem definidos é o elemento-chave para uma boa gestão de marcas. Em termos de franquia, isso abrange conceitos como montagem padrão das lojas, rotinas administrativas e atendimento. Cabe ao franqueador transmitir isso com clareza para o franqueado, de forma com que se consiga replicar facilmente e manter a identidade da marca.

Treinamentos Constantes

Mudanças ocorrem tanto para qualificar procedimentos internos como para atender melhor as demandas externas. Dessa forma, é fundamental investir em treinamentos constantes para que todos os franqueados executem essas mudanças de forma linear, trazendo, assim, a melhora desejada nas ações da marca como um todo.

Cultura

Compreender e respeitar a cultura da empresa é imprescindível para que haja uma padronização eficiente, e isso vai além de somente alinhar procedimentos internos nas mais diversas unidades. A cultura empresarial possibilitará ao cliente ter a mesma qualidade de experiência em lojas diferentes, fator que representa, na prática, o sucesso do branding de franquia.

5. Adaptação aos mercados locais

Manter o padrão da marca e ainda se adaptar aos mercados locais é uma demanda que exige bastante trabalho. Mas, todo esse esforço é válido para atingir o grande objetivo que é conquistar o consumidor.

Cada mercado tem as suas características, e não respeitar isso pode comprometer os resultados. Por mais forte que seja a sua rede. Sendo assim, é importante criar ações específicas e com base nas peculiaridades locais.

O franqueado pode tomar a frente e propor algumas ações. Especialmente porque ele está inserido e conhece mais a realidade de um determinado lugar. Elas deverão ser desenvolvidas sob supervisão da franquia e respeitando as características da marca. Agindo assim, fica mais fácil levar aos clientes o que eles procuram e manter o padrão de qualidade desejado.

Por meio dessas dicas infalíveis, você já sabe como criar um branding de franquia de sucesso. Coloque-as em prática e veja os grandes benefícios que elas trarão para a sua rede. É importante lembrar que é possível contar com ajuda especializada para tornar esse processo ainda fácil.

E já que o assunto é gestão de marcas, que tal se aprofundar nesse tema? É simples, basta conferir este artigo especial que preparamos para você!

Posts relacionados

Deixe um comentário